Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Bacharelado em Agronomia
Início do conteúdo da página

Bacharelado em Agronomia

publicado 09/10/2019 10h24 | última modificação 28/04/2020 11h32

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Denominação: Curso de Graduação em Agronomia
Modalidade: Bacharelado
Área de formação: Profissional com atuação em todas as etapas do agronegócio
Organização curricular: Sistema de créditos
Tempo médio de conclusão: 10 períodos letivos
Horário de funcionamento: Turno integral
Carga horária total: 4.050 horasProjeto Político Pedagógico: Clique aqui
Página e-MEC: Clique aqui
Coordenação: Clique aqui

 

OBJETIVO

Formar o profissional-cidadão apto a promover, orientar e administrar a utilização dos fatores de produção, com vistas a racionalizar a produção vegetal e animal, em harmonia com o ecossistema.

 

SOBRE O CURSO

O curso de Agronomia do IFMA Campus Codó confere o título de Engenheiro Agrônomo e oferece anualmente 40 vagas anuais. O curso tem duração mínima de 10 semestres (5 anos) e a carga horária é de 256 créditos obrigatórios (3840 horas), 6 de créditos complementares (90 horas) e 8 de disciplinas eletivas (120 horas), além de 270 horas de Estágio Supervisionado, totalizando uma carga horária total de 4050 horas para a diplomação.

O profissional engenheiro agrônomo a ser formado pelo IFMA, Campus Codó, deve ser dotado de uma formação generalista técnico-científica, com visão crítica e reflexiva, permeada pela ética profissional, comprometido com o processo de desenvolvimento sustentável, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias em atendimento às demandas da sociedade nos setores do agronegócio, da agricultura familiar, da pecuária e da agroindústria.

Dentre as inúmeras áreas de atuação para o Engenheiro Agrônomo destacam-se: agricultura familiar; agroecologia; movimentos sociais, cooperativas agrícolas e outras formas de associação; empresas de produção de insumos e equipamentos agrícolas; serviço público de extensão rural; reforma agrária e meio ambiente; serviço de difusão tecnológica em empresas privadas; instituições de ensino e pesquisa pública e privada; assessoria técnica, organizativa e política no que se refere à agricultura; planejamento em empresas privadas, instituições estatais e ONGs.

Fim do conteúdo da página